*Cαrtαχiηhα*

Nova versao do blog em http://cartaxinha.blogspot.com Vejam por favor =)

sexta-feira, fevereiro 24, 2006

No outro dia fomos numa visita de estudo ao Centro de Recuperação de Alcoitão. Pode-se dizer que foi um choque com a realidade. Muitas vezes entramos nas coisas sem pensar no que pode acontecer, mas lá tivemos a prova do que acontece se não tivermos cuidado...
Um homem de 30 anos que estava lá no centro a recuperar de um acidente de mota em que ficou sem metade da perna esquerda, disse-nos que agora é que sabia o que era ter duas pernas e que nós, que as tínhamos, lhes devíamos dar valor. Acho que nesse momento quase toda a gente sentiu o chão faltar debaixo dos pés. Isto aqui escrito parece tudo muito banal, mas quem lá estava, e viu aquele rapaz sem metade de uma perna, rodeado de tantos outros em cadeiras de rodas e de toda aquela gente que luta todos os dias por uma recuperação, sabe o que eu estou a dizer.
Acho que mesmo assim o que impressionou mais foi o optimismo dele. Disse-nos que era nessas alturas em que uma pessoa via se tinha ou não um bom círculo de amigos, e que os dele o tinham apoiado muito.
É assim que se vê que a vida nem sempre são três dias, às vezes são só dois... e há que aproveitá-los bem, de preferência sem fazer nenhum disparate dos grandes.

quarta-feira, fevereiro 01, 2006

A importância que temos

A vida é uma coisa preciosa... Se estamos mesmo muito mal, parece que mais vale acabar tudo de uma vez por todas... mas não é bem assim que a coisa resulta.
Temos de pensar bem em tudo o que temos, mesmo que o que não temos nos faça sofrer. Temos uma vida relativamente boa (se formos a comparar com certas pessoas, se calhar até vemos que temos uma vida óptima), gente que gosta de nós, coisas simples que têm todo o significado.
Convém pensar também no que aconteceria a tudo isso se desaparecêssemos... Podem não acreditar nisso, mas às vezes uma palavra nossa basta para mudar uma vida.. Se pudessem ver o que realmente aconteceria se não existissem, talvez vissem que realmente fazem falta, que realmente importam na vida de alguém... E isso devia ter valor.
Não se pode achar que se pode desaparecer e que tudo se resolve... quanto muito, tudo fica mais complicado. se não para vocês, para as pessoas que gostam de vocês.
Lembrem-se sempre disso.